OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




terça-feira, 12 de maio de 2009

Senhor eu quero paz


EU QUERO PAZ !
Senhor, eu quero a paz!
Sei que existo por tua obra,
Aprendendo essa existência me faz
Dirimir a dívida que a vida cobra.

Quero ser forte por tua graça, Senhor,
Trilhar teus caminhos sem sombras
E quando me assaltar a dor,
Eu quero tua voz como trompas

Na sinfonia do teu amparo.
Não quero me sentir inútil,
Pela prostração se paga caro
Permita que até o fim eu seja útil

Mesmo com a limitação vinda dos anos.
Concede-me a graça da sabedoria
Para ensinar aos irmãos, sem danos,
A glória de viver em Ti com alegria.

Não quero igrejas de pedras nem cultos
Porque teu templo é a natureza,
E nas almas dos cultos e incultos
Deixas tua mensagem com clareza.

Toda vez que quero falar contigo,
Vou à praia e espero o sol sair
Ou à sombra de arvoredo antigo.
Às vezes espero a chuva cair,

Para sentir nos olhos, no meu rosto,
O sinal: - Filha, ouvi teu lamento...
Então colho, no jardim, flores de agosto,
Lanço-as desfolhadas ao vento

Minha modesta oferta de gratidão
Pela honra da tua audiência,
Pelas orientações vindas do teu coração
Para esta filha que a Ti deve obediência.

Aprendi que é em tuas mãos
Que devo deixar as aflições cotidianas,
E a ouvir os conselhos dos espíritos irmãos
Nas ritmadas batidas cordianas

Quero a tua presença e tua paz comigo,
Quero o teu amor infinito
Meu pai, meu irmão, meu amigo,
Que ouve no espaço o meu grito

Namastê


*************Marimaura************

Nenhum comentário: