OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




domingo, 31 de maio de 2009

Receita, massinha de modelar

Receita de massinha de modelar













Receita 1

(massa de pão)

Material

4 xícaras de farinha de trigo,

1 xícara de sal,

1 e meia xícara de água,

1 colher de (chá) de óleo

Modo de Fazer

Numa tigela, misturar todos os ingredientes, amassar bem até ficar boa para

modelar. Guardar em saco plástico ou vidro bem tampado.

Atenção: Esta receita não precisa ir ao fogo. Não seca ao sol, mas você pode

colocar as peças modeladas numa forma e pedir para um adulto colocar em

forno brando para assar. Depois de assadas, é só pintar com tinta para

artesanato ou tinta preparada por você através de nossas receitas

Receita 2

Material

1:500 g de maisena,

100 g de sal,

uma colher de (café) óleo,

tinta vegetal

Modo de Fazer

Misturar a maisena e o sal. Juntar água suficiente para formar uma pasta.

Pedir para um adulto levar a massa ao fogo, mexendo sempre. Acrescentar o

óleo e o corante.

Guardar em saco plástico ou vidro bem tampado.

Atenção: a massa não deve ser deixada para secar ao sol. Ela se conserva por

vários meses, independente de qualquer produto químico.



Receita 3

Material

2 xícaras e meia de maisena

1 xícara de sal

meia xícara de água

uma pitada de corante.

Modo de Fazer

Misturar todos os ingredientes

Pedir para um adulto levar a massa ao fogo em banho-maria até desprender da

panela.

Guardar em saco plástico ou vidro bem tampado.

Atenção: a massa não deve ser deixada para secar ao sol. Ela se conserva por

vários meses, independente de qualquer produto químico.

*************Marimaura************

Fernando Pessoa


"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndido da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Fernando Pessoa- 70ª aniversário da sua morte
********Marimaura******

Tangran , a lenda


Tangram; a Lenda

Conta a lenda do tangram (uma entre muitas outras).

"Era uma vez, num país muito distante, um senhor chinês chamado Tan. O senhor Tan vivia num palácio dourado, junto de um lago. O que ele mais adorava era passear à volta do lago durante horas a fio... Um dia, enquanto vagueava no meio dos juncos, viu no chão um objecto brilhante. Baixou-se e descobriu um magnífico azulejo de prata. Apanhou-o e admirou-o: o azulejo era liso como a superfície do lago, macio como uma pluma, brilhante como o seu traje. Quis virá-lo mas... infelizmente, o lindo azulejo escapou-lhe das mãos e partiu-se no chão em 7 pedaços! O senhor Tan, desiludido, tentou reconstituí-lo. Juntando as peças, criou a forma de uma pequena personagem! Deslocou mais umas peças e, para seu espanto, formou-se uma linda casa! O senhor Tan regressou ao palácio muito entusiasmado por ter inventado um novo jogo. Baptizou-o de TANGRAM e mandou fabricar um para cada habitante do seu reino!"


Actividades para o Jardim-de-Infância

Alfabeto em inglês

Alfabeto em inglês


Muito interessante!!

*********Marimaura*********

Alfabeto





































Postagem retirada de vários sites da net e algumas feitas por mim mesma, se servir para você trabalhar com seus alunos será um prazer.
*********Marimaura*********

Beijo


Estou postando pq encontrei no site de uma amiga e amei

..*Bjao**Bjao*
..*Bjao*....*Bjao*
..*Bjao*.....*Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
..*Bjao**Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
..*Bjao*.....*Bjao*
..*Bjao*....*Bjao*
..*Bjao**Bjao*

................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
*Bjao*.......*Bjao*
.*Bjao*.....*Bjao*
...*Bjao*.*Bjao*
.......*Bjao*

.........*Bjao*
..*Bjao*....*Bjao*
*Bjao*.........*Bjao*
*Bjao*.........*Bjao*
*Bjao**Bjao**Bjao*
*Bjao**Bjao**Bjao*
*Bjao*.........*Bjao*
*Bjao*.........*Bjao*
*Bjao*.........*Bjao*

........*Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
.*Bjao*......*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
.*Bjao*......*Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
........*Bjao


Uma semana de paz e luz para todos que por aqui passar.


Beijo no coração de todos


**********Marimaura**********

Plano de Aula




A Abelha Chocolateria

Era uma vez uma abelha que não sabia fazer mel.

- Mas você é uma operária! - gritava a rainha - Tem que aprender.

Na colméia havia umas 50 mil abelhas e Anita era a única com esse problema. Ela se esforçava muito, muito mesmo. Mas nada de mel...

Todos os dias, bem cedinho, saía atrás das flores de laranjeira, que ficavam nas árvores espalhadas pelo pomar. Com sua língua comprida, ela lambia as flores e levava seu néctar na boca. O corpinho miúdo ficava cheio de pólen, que ela carregava e largava, de flor em flor, de árvore em árvore.

Anita fazia tudo direitinho. Chegava à colméia carregada de néctar para produzir o mais gostoso e esperado mel e nada! Mas um dia ela chegou em casa e de sua língua saiu algo muito escuro.

- Que mel mais espesso e marrom... - gritaram suas colegas operárias.

- Iac, que nojo! - esbravejaram os zangões.

Todo mundo sabe que os zangões se zangam à toa, mas aquela história estava ficando feia demais. Em vez de mel, Anita estava produzindo algo doce, mas muito estranho.

- Ela deve ser expulsa da colméia! - gritavam os zangões.

- É horrorosa, um desgosto para a raça! - diziam outros ainda.

Todas as abelhas começaram a zumbir e a zombar da pobre Anita. A única que ficou ao lado dela foi Beatriz, uma abelha mais velha e sábia.

Um belo dia, um menino viu aquele mel escuro e grosso sobre as plantas próximas da colméia, que Anita tinha rejeitado de vergonha. Passou o dedo, experimentou e, surpreso, disse:

- Que delícia. Esse é o mais saboroso chocolate que eu já provei na vida!

- Chocolate? Alguém disse chocolate? - indagou a rainha, que sabia que o chocolate vinha de uma fruta, o cacau, e não de uma abelha.

Era mesmo um tipo de chocolate diferente, original, animal, feito pela abelha Anita, ora essa, por que não...

Nesse momento, Anita, que ouvia tudo, esboçou um tímido sorriso. Beatriz, que também estava ali, deu-lhe uma piscadela, indicando que tinha tido uma idéia brilhante.

No dia seguinte, lá se foram Anita e Beatriz iniciar uma parceria incrível: fundaram uma fábrica de pão de mel, juntando o talento das duas para produzir uma deliciosa combinação de mel com chocolate.

Moral da história: as diferenças e riquezas pessoais, que existem em cada um de nós, são singulares e devem ser respeitadas.



Plano de aula

Material necessário
Cópias do texto A abelha chocolateira, de Katia Canton

Objetivos

Reconhecer a fábula como gênero da língua portuguesa; identificar os elementos desse tipo de texto; e refletir sobre a moral e a ética no convívio social.

Com diálogos curtos e texto econômico, a fábula é uma história de ficção, escrita em verso ou em prosa. Uma de suas principais características é ter como personagens animais e plantas e objetos animados, que ganham características humanas. Essa forma alegórica de contar uma história apresenta as virtudes e os defeitos do mundo dos homens e leva a interpretações sociais para ilustrar um ensinamento ou uma regra de conduta. É por isso que toda fábula tem, no desfecho, uma moral.

Essa narrativa de natureza simbólica tem origem remota e incerta, pois se mescla à necessidade do homem de criar e de contar histórias para transcender as atividades cotidianas e recriar o mundo. Algumas fontes indicam que a fábula começou a ser contada na Suméria, no século 8 a.C. Mas foi na Grécia Antiga, em meados do século 5 a.C., pelas mãos do escravo Esopo, que ela ganhou a fórmula atual: sintética, alegórica, tendo animais demonstrando sentimentos e uma pitada de humor. Esopo sempre terminava as fábulas explicando a moral e, assim, ensinava valores. Graças ao francês Jean de la Fontaine (1621-1692), a fábula introduziu-se definitivamente na literatura ocidental, dessa vez de forma menos sintética e mais contextualizada. Ontem e hoje, com nuanças e autorias diferentes, as histórias se repetem.

A principal proposta do gênero é a fusão de dois elementos, o lúdico e o pedagógico. A leitura de A abelha chocolateira, da escritora Katia Canton, vai ajudar seus alunos a entendê-lo melhor. O texto pode ser explorado com turmas de 2a série de acordo com o plano de aula elaborado pela pedagoga Wânia Menezes Picchi, professora da Escola Viva, em São Paulo.

O que cada animal faz, na natureza e na ficção

Antes de apresentar a fábula à turma, provoque uma discussão sobre o comportamento dos animais em seu ambiente. Divida os estudantes em grupos e questione-os sobre as funções que cada bicho exerce no seu grupo. O que se espera da formiga? Que ela transporte folhas, cascas e outros materiais para construir o formigueiro. E da leoa? Que ela saia para caçar e traga alimentos para os machos e os filhotes. Na colméia, a função da abelha operária é colher o néctar para fazer mel. Registre no quadro-negro ou em um papel grande as hipóteses que a garotada levanta.

Distribua o texto A abelha chocolateira para as crianças e peça para acompanharem a leitura que você faz em voz alta. Ainda em grupos, elas vão marcar no texto palavras ou trechos que indicam ações humanas atribuídas às abelhas - "gritava", "tem que aprender", "fazia tudo direitinho", "esbravejaram", "indagou", "fundaram uma fábrica de pão de mel" etc. - assim como características - "é horrorosa", "um desgosto para a raça", "rejeitado de vergonha" etc.

Hora de retomar a primeira discussão sobre as funções de cada animal na natureza e comparar o registro que está na lousa ou no papel com os trechos grifados no texto. Provoque um diálogo sobre as conclusões do grupo e vá registrando as idéias: o que vocês perceberam quando compararam as atitudes do animal em seu hábitat natural e na história? Na natureza, a abelha age de um jeito e no texto ela se comporta mais como as pessoas. Vá conduzindo a discussão de forma que os alunos percebam os elementos estruturais da fábula. Peça para copiarem as conclusões no caderno.

O próximo passo é fazer a leitura de fábulas de autores diversos para os estudantes perceberem sua estrutura. A repetição facilita a assimilação e a generalização das características do gênero, permitindo que eles compreendam que aqui é a estrutura que prevalece e não a autoria, como num romance.

Esses textos podem ser dramatizados. Divida a turma em quatro grupos e entregue a cada um uma fábula diferente. Após a leitura, cada grupo vai bolar um roteiro e definir quem será cada personagem. Como lição de casa, peça para treinarem suas falas - um aluno deve ser o narrador. Reserve uma aula para um ensaio geral outra para a apresentação dos grupos.

A importância de respeitar as diferenças

Retome o texto A abelha chocolateira para refletir sobre a moral da história. Em dupla, os alunos devem discutir com o colega e escrever qual a função da abelha operária dentro da colméia. Depois, individualmente, eles vão responder o que a autora quis dizer com a frase "Anita fazia tudo direitinho". Como as outras abelhas operárias reagiram ao comportamento de Anita? No final da fábula, Anita esboçou um tímido sorriso. Pergunte: como ela estava se sentindo ao produzir um mel diferente? Alguma vez você já esboçou um tímido sorriso por algum sentimento? Conte em detalhes como foi.

A idéia é ver se o aluno se identifica com a moral da história. Lembre que a moral deve ser trabalhada como conseqüência da situação que a fábula apresenta e nunca isoladamente. Por fim, sugira que as crianças produzam uma narrativa em que apareçam personagens com características bem distintas. O objetivo é incentivá-las a trabalhar com as diferenças e as riquezas que existem em cada pessoa, a base da moral da fábula de Katia Canton.


Retirado: www.novaescola.com.br
Adaptação: ******Marimaura********

Reciclagem de materiais variados


Reciclando - Materiais Variados
SUGESTÕES DE PRODUTOS

1- PUFF QUADRADO

MATERIAL UTILIZADO:
tesoura
32 garrafas de PET (garrafas de refrigerantes da mesma marca)
1 rolo de fita adesiva transparente (fita utilizada para fechar caixas de papelão)
cola branca rótulo azul (cascorez) ou cola de contato (sapateiro)
papelão
espuma de 3cm de espessura
tecido para estofar

MONTAGEM:

1.Retire o rótulo, lave e seque muito bem as 32 garrafas.
2.16 garrafas sem as tampas serão cortadas. Se utilizar garrafas de coca-cola aproveite a marca que a própria garrafa já possui e faça nesta marca o corte, se utilizar outra marca de refrigerante medir da tampa em direção ao meio da garrafa 13 cm, marcar com caneta hidrocor e fazer o corte separando a garrafa em duas partes.
3.Encaixe a parte de cima (com o bico) dentro do corpo da garrafa. O bico deverá encostar no fundo da garrafa. Fazer este processo com as 16 garrafas.
4.As outras 16 garrafas inteiras e tampadas deverão ser encaixadas uma a uma dentro de cada garrafa cortada. Tome o cuidado de fazer a mesma pressão em todas elas para as peças ficarem do mesmo tamanho.
5.Agora chegou a vez de prender as garrafas para formar o pufe. Junte no mesmo sentido duas peças montadas, isto é, bico com bico e prenda-as com a fita adesiva dando 3 voltas na mesma direção. Esta fita deverá ser presa com uma certa pressão, pois assim as garrafas ficarão bem presas. Forma-se então 8 duplas.
6.Juntar novamente as duplas em dois em dois, passar a fita adesiva. Não esqueça de colocar as duplas no mesmo sentido. Feito isto teremos 4 grupos de quatro peças.
7.Coloque um grupo sobre o outro e passe a fita adesiva, fazer este processo até o quarto grupo de garrafas. Está pronta a estrutura.
8.O lado do pufe que ficará no chão é do lado do bico, pois é mais resistente. Para montar o assento utilize o papelão colando-o nas garrafas.
9.Cole sobre o papelão a espuma. Se desejar pode colar também a espuma nas laterais.
10.Por último, faça uma capa com o tecido e encape o pufe. Pode também utilizar juta, courino, jeans, etc.


2- PUFF REDONDO
MATERIAL UTILIZADO:

tesoura
28 garrafas de PET (garrafas de refrigerantes da mesma marca)
1 rolo de fita adesiva transparente (fita utilizada para fechar caixas de papelão)
cola branca rótulo azul (cascorez) ou cola de contato (sapateiro)
papelão
espuma de 3cm de espessura
tecido para estofar

MONTAGEM:

1.Retire o rótulo, lave e seque muito bem as 28 garrafas.
2.14 garrafas sem as tampas serão cortadas. Se utilizar garrafas de coca-cola aproveite a marca que a própria garrafa já possui e faça nesta marca o corte, se utilizar outra marca de refrigerante medir da tampa em direção ao meio da garrafa 13 cm, marcar com caneta hidrocor e fazer o corte separando a garrafa em duas partes.
3.Encaixe a parte de cima (com o bico) dentro do corpo da garrafa. O bico deverá encostar no fundo da garrafa. Fazer este processo com as 14 garrafas.
4.As outras 14 garrafas inteiras e tampadas deverão ser encaixadas uma a uma dentro de cada garrafa cortada. Tome o cuidado de fazer a mesma pressão em todas elas para as peças ficarem do mesmo tamanho.
5.Agora chegou a vez de prender as garrafas para formar o pufe. Junte no mesmo sentido duas peças montadas, isto é, bico com bico e prenda-as com a fita adesiva dando 3 voltas na mesma direção. Esta fita deverá ser presa com uma certa pressão, pois assim as garrafas ficarão bem presas. Formar 2 duplas.
6.Unir estas duas duplas uma em cima da outra prendendo também com a fita. Observe se os bicos estão na mesma direção. Com este procedimento teremos o centro do pufe.
7.Vamos trabalhar agora com uma peça de cada vez. Prender uma peça no centro do pufe dando sempre 3 voltas com a fita adesiva. Ir fazendo este procedimento com as nove garrafas restantes, mas uma de cada vez. Ao final do trabalho teremos o pufe redondo.
8.O lado do pufe que ficará no chão é do lado do bico, pois é mais resistente. Para montar o assento utilize o papelão colando-o nas garrafas.
9.Cole sobre o papelão a espuma. Se desejar pode colar também a espuma nas laterais.

10.Por último, faça uma capa com o tecido e encape o pufe. Pode também utilizar juta, courino, jeans, etc.

3- POLTRONA DE GARRAFA (PET)

MATERIAL UTILIZADO:

tesoura
136 garrafas de PET (garrafas de refrigerantes da mesma marca)
rolo de fita adesiva transparente (fita utilizada para fechar caixas de papelão)
cola branca rótulo azul (cascorez) ou cola de contato (sapateiro)
papelão
espuma de 3cm de espessura
tecido para estofar

MONTAGEM:

1-Retire o rótulo, lave e seque muito bem as 136 garrafas.
2-32 garrafas sem as tampas serão cortadas. Se utilizar garrafas de coca-cola aproveite a marca que a própria garrafa já possui e faça nesta marca o corte, se utilizar outra marca de refrigerante medir da tampa em direção ao meio da garrafa 13 cm, marcar com caneta hidrocor e fazer o corte separando a garrafa em duas partes.
3-Encaixe a parte de cima (com o bico) dentro do corpo da garrafa. O bico deverá encostar no fundo da garrafa. Fazer este processo com as 16 garrafas.
4-As outras 16 garrafas inteiras e tampadas deverão ser encaixadas uma a uma dentro de cada garrafa cortada. Tome o cuidado de fazer a mesma pressão em todas elas para as peças ficarem do mesmo tamanho.
5-Agora chegou a vez de prender as garrafas para formar o assento. Junte no mesmo sentido duas peças montadas, isto é, bico com bico e prenda-as com a fita adesiva dando 3 voltas na mesma direção. Esta fita deverá ser presa com uma certa pressão, pois assim as garrafas ficarão bem presas. Forma-se então 8 duplas.
6-Juntar novamente as duplas em dois em dois, passar a fita adesiva. Não esqueça de colocar as duplas no mesmo sentido. Feito isto teremos 4 grupos de quatro peças.
7-Coloque um grupo sobre o outro e passe a fita adesiva, fazer este processo até o quarto grupo de garrafas. Está pronta a estrutura.
8-O lado do pufe que ficará no chão é do lado do bico, pois é mais resistente.
9-Iremos agora confeccionar os braços da poltrona. Utilizar 40 garrafas limpas e secas, 8 garrafas ficarão inteiras e com as tampas, 32 garrafas deverão ser cortadas. Se utilizar garrafas de coca-cola aproveitar a própria marcação da garrafa e fazer o corte, se for garrafas lisas medir 13cm e cortar.
10-Encaixe a parte de cima (com o bico) dentro do corpo da garrafa. O bico deverá encostar no fundo da garrafa. Fazer este processo com as 32 garrafas.


11-Para montar cada peça, encaixar 4 garrafas cortadas uma dentro da outra e finalizar com uma garrafa inteira. Com este procedimento teremos no final 8 peças que serão os braços (4 para cada lado).
12-Juntar agora duas em duas as peças, prendê-las com a fita.
13-Prender as duplas formando 4 peças. Estão prontos os braços.
14-Utilize um grupo de 4 peças na lateral do assento e prenda-o também com a fita adesiva.
15-Faça o mesmo procedimento do outro lado.
16-Confeccionaremos o encosto da poltrona. Utilize as 64 garrafas restantes. 60 garrafas serão cortadas e 4 permanecerão inteiras e com as tampas.
17- Para cortá-las e montá-las utilizar o procedimento do braço.
18-Prender o encosto utilizando também a fita. Está pronta a poltrona, falta agora estofá-la.
19 - Para montar o assento utilize o papelão colando-o nas garrafas.
20- Cole sobre o papelão a espuma. Se desejar pode colar também a espuma nas laterais, encosto e braços
21- Por último, faça uma capa com o tecido e encape o pufe. Pode também utilizar juta, courino, jeans, etc.


4- CAMA DE GARRAFA
MATERIAL UTILIZADO:

tesoura
garrafas de PET (garrafas de refrigerantes da mesma marca)
rolo de fita adesiva transparente (fita utilizada para fechar caixas de papelão)
cola branca rótulo azul (cascorez) ou cola de contato (sapateiro)

MONTAGEM:

1.Retire o rótulo, lave e seque muito bem as 32 garrafas PET.
2.16 garrafas sem as tampas serão cortadas. Se utilizar garrafas de coca-cola aproveite a marca que a própria garrafa já possui e faça nesta marca o corte, se utilizar outra marca de refrigerante medir da tampa em direção ao meio da garrafa 13 cm, marcar com caneta hidrocor e fazer o corte separando a garrafa em duas partes.
3.Encaixe a parte de cima (com o bico) dentro do corpo da garrafa. O bico deverá encostar no fundo da garrafa. Fazer este processo com as 16 garrafas.
4.As outras 16 garrafas inteiras e tampadas deverão ser encaixadas uma a uma dentro de cada garrafa cortada. Tome o cuidado de fazer a mesma pressão em todas elas para as peças ficarem do mesmo tamanho.
5.Agora chegou a vez de prender as garrafas para formar a estrutura. Junte no mesmo sentido duas peças montadas, isto é, bico com bico e prenda-as com a fita adesiva dando 3 voltas na mesma direção. Esta fita deverá ser presa com uma certa pressão, pois assim as garrafas ficarão bem presas. Forma-se então 8 duplas.
6.Juntar novamente as duplas em dois em dois, passar a fita adesiva. Não esqueça de colocar as duplas no mesmo sentido. Feito isto teremos 4 grupos de quatro peças.
7.Coloque um grupo sobre o outro e passe a fita adesiva, fazer este processo até o quarto grupo de garrafas. Está pronta a estrutura.
8.O lado da base que ficará no chão é do lado do bico, pois é mais resistente.
9.Ir fazendo este procedimento até chegar no comprimento de 1,90cm x 90cm de largura, esta é a medida padrão de uma cama de solteiro.
10.Prender as estruturas sempre com a fita adesiva.
11.Não é necessário usar estrado, o colchão deverá ser colocado por cima da estrutura.

5- EMBALAGEM PARA PRESENTE
MATERIAL UTILIZADO:
Garrafa PET verde ou transparente (de coca-cola não serve).
Tesoura

MONTAGEM:
1.Utilizar somente o meio (corpo) da garrafa. Cortar então o fundo e o bocal da garrafa.
2.Vinque as duas laterais pelo comprimento da garrafa.
3.Arredonde levemente as 4 pontas da garrafa. A tesoura deve ser posicionada deitada.
4.Posicione o dedo indicador por dentro da garrafa no centro da mesma. Com o auxílio do dedão faça uma pressão para baixo. Percebe-se com este movimento a forma de uma meia lua. Vinque então esta meia lua.
5.Vire do outro lado e vinque também esta parte aproveitando a marca da parte da frente.
6.Repita esta operação na parte de baixo da garrafa. Está pronta a embalagem de presente.
7.Se desejar, pode utilizar lixa de madeira sobre a embalagem para dar efeito de jato de areia ou pintar com esmalte ou guache.

6- EMBALAGEM PARA PRESENTE QUADRADA

MATERIAL UTILIZADO:
garrafa verde ou transparente (garrafa de coca-cola não serve).
tesoura
régua
caneta hidrocor.
fita adesiva transparente

MONTAGEM:
1.Utilizar somente o meio (corpo) da garrafa. Cortar com a tesoura o fundo e o bocal.
2.Vinque as duas laterais pelo comprimento.
3.Agora faça encontrar vinco com vinco, vinque as duas laterais que se formaram.
4.Ajeite com as mãos os 4 vincos que se formaram. Percebe-se então que a garrafa ficou quadrada.
5.Para fazer o fundo da embalagem, marque com a caneta hidrocor 5cm nos 4 vincos e corte.
6.Vinque agora as 4 partes. Está pronto o fundo. Prender com um pedaço de fita adesiva transparente as tampas.
7.Faça o mesmo no outro lado da embalagem, a medida para este lado é de 3,5cm, esta será a tampa.
8.Vinque também as 4 partes, não utilizar o fita adesiva transparente nesta parte.


7- EMBALAGEM PARA PRESENTE SEXTAVADA
MATERIAL UTILIZADO:
garrafa verde ou transparente (garrafa de coca-cola não serve).
tesoura
régua
caneta hidrocor.
fita adesiva transparente

MONTAGEM:
1.Utilizar somente o meio (corpo) da garrafa. Cortar com a tesoura o fundo e o bocal.
2.Vinque as duas laterais pelo comprimento.
3.Agora faça encontrar vinco com vinco, vinque as duas laterais que se formaram.
4.Faça encontrar novamente vinco com vinco, aparecerá então o meio entre eles, vincar este meio. Com este processo obteremos oito vincos.
5.Para fazer o fundo da embalagem, marque com a caneta hidrocor 5cm nos vincos e corte.
6.Vinque agora as partes que se formaram. Está pronto o fundo. Prender com um pedaço de fita adesiva transparente as tampas.
7.Faça o mesmo no outro lado da embalagem, a medida para este lado é de 3,5cm, esta será a tampa.
8.Vinque também estas partes, não utilizar o fita adesiva transparente pois estas partes é a tampa

8- CASTIÇAL

MATERIAL UTILIZADO:
garrafa PET verde ou transparente
tesoura
cola quente ou cascorez rótulo azul
vela
fita para decorar

MONTAGEM:
1.Retire o rótulo, lave e seque muito bem a garrafa.
2.Corte a base da garrafa usando como medida o próprio risco do frasco.
3.Recorte entre os gomos da base. Esta peça será a base do cartiçal.
4.Se utilizar garrafa de coca-cola cortar na marca a parte superior da garrafa. Se utilizar outra marca de refrigerante que não possua marca cortar abaixo da curvatura. Esta parte deverá estar com a tampa.
5.Agora cole as duas partes. O bico ficará para baixo e em cima da base.
6.Para decorar o cartiçal, utiliza-se cola colorida, tinta guache, esmalte de unha, cola com glíter, etc..
7.Passar a fita em volta do bico da garrafa para esconder a tampa.

9- ESTOJO ESCOLAR
MATERIAL UTILIZADO:
frasco de detergente (dois)
tesoura
cola
gravuras ou tintas para decorar

MONTAGEM:
1.Retire o rótulo do frasco. Com a tesoura elimine a parte da curvatura
2.Lave muito bem o frasco
3.No outro frasco corte a parte inferior, lave. Esta parte será a tampa do estojo.
4.Encaixe a tampa no estojo.
5.Para decorar: usar tinta, esmalte, guache, adesivo, etc.

10- PORTA COTONETE / ALGODÃO

MATERIAL UTILIZADO:
dois frascos resistente de detergente.
tesoura

MONTAGEM:
1.Retire os rótulos do frasco. Com a tesoura corte a parte inferior de um dos frascos, lave muito bem. Esta parte será a tampa do porta cotonete.
2.No outro frasco corte no tamanho desejado. (um pouco acima do tamanho de um cotonete).
3.Encaixe a tampa no porta cotonete.
4.Decore da forma que desejar.

11- VASSOURA
MATERIAL UTILIZADO:
serrote ou serra
13 garrafas PET
1 cabo de vassoura
prego
martelo
tesoura

MONTAGEM:
1.Retirar os rótulos e lavar bem as garrafas.
2.Utilizar o serrote para eliminar o bocal de 12 garrafas.
3.Com a tesoura cortar o fundo das garrafas aproveitando a marca existente.
4.Fazer cortes no sentido vertical em direção a curvatura da garrafa. Estes cortes serão os pêlos (Piaçava) da vassoura, eles não serão nem finos e nem grossos.
5.A garrafa restante será a base da vassoura. Retirar com a tesoura a parte de cima da garrafa, só utilizaremos esta parte, ela terá a função da madeira de uma vassoura normal.
6.Pressionar esta parte no final do cabo da vassoura.
7.Colocar agora uma a uma as 12 garrafas cortadas, arrumando as tiras das mesmas.
8.Pregar o prego para as garrafas não subirem. Está pronta a vassoura.

12- PORTA-TALHERES

MATERIAL UTILIZADO:
tesoura
2 garrafas de 2 litros verde ou transparente.

MONTAGEM:
1.Com a tesoura cortar o fundo de uma garrafa aproveitando a sua marca. Esta parte será a tampa do porta-talheres.
2.Na outra garrafa medir 14cm da tampa em direção ao meio da garrafa e cortar. Utilizaremos a parte restante.
3.Encaixar agora a tampa nesta parte. Está pronto o porta-talheres.
OBS:Se desejar, decore o porta-talheres utilizando tinta, adesivo, tecido, etc.

13- PORTA-TRECO

MATERIAL UTILIZADO:
1 garrafa de refrigerante de 2 litros (Coca-cola).
tesoura.

MONTAGEM:
1.Retirar o rótulo, lavar e secar bem a garrafa.
2.Cortar com a tesoura em cima da 2ª marca da garrafa. Utilizaremos somente esta parte.
3.Marcar 5cm e cortar em direção ao fundo da garrafa nos gomos.
4.Cortar um gomo e pular o outro, serão cortados apenas 5 gomos.
5.Vincar dobrando os cortes, estes vincos será a tampa do porta-treco.

14- PORTA PAPEL HIGIÊNICO
MATERIAL UTILIZADO:
1 garrafa verde ou transparente de refrigerante de 2 litros.
tesoura.

MONTAGEM:
1.Retirar o rótulo, lavar e secar bem a garrafa.
2.Medir do bico em direção ao meio da garrafa 10cm e cortar. Esta peça será a tampa do porta papel higiênico.
3.Medir do fundo da garrafa em direção ao meio 15cm e cortar. Esta peça é o corpo do porta papel higiênico.
4.Retirar o rolinho de dentro do papel higiênico.
5.Encaixar o rolo de papel higiênico dentro do corpo do porta papel.
6.Passar a ponta do papel higiênico por dentro do bico da garrafa.
7.Encaixe a tampa no corpo da garrafa. Esta pronto o porta papel higiênico.

15- MOSAICO DE REVISTA

MATERIAL UTILIZADO:
revistas.
cola branca
verniz
uma peça qualquer.

MONTAGEM:
1.Utilize revistas que possuem cores vivas. Rasgue pedaços coloridos das páginas da revista.
2.Passe cola em pequenas áreas da peça e deite sobre ela os pedaços de papéis rasgados. Cuidado para o papel não enrugar, alise a medida que for colando.
3.Deixe secar bem.
4.Dê uma demão de verniz em toda a peça.

16- PUXA-SACO

MATERIAL UTILIZADO:
1 garrafa PET de 2 litros.
tesoura
régua
caneta hidrocor.

MONTAGEM:
1.Retire o rótulo, lave e seque muito bem a garrafa.
2.Abaixo do bico da garrafa, marque com a caneta hidrocor 4cm.
3.Com a tesoura elimine a parte do bico. As sacolas plásticas entrarão por esta abertura.
4.Na parte de baixo, próximo ao fundo da garrafa, faça um retângulo medindo 3,5cm x 9cm e corte. As sacolas sairão por esta abertura.
5.Se desejar pendurar o puxa-saco na parede ou na porta, faça dois furos na parte de trás da garrafa e passe por esses furos nylon, corda ou outro material resistente.
6.Pintar o puxa-saco se assim o desejar.

17- EMBALAGEM DE PRESENTE
MATERIAL UTILIZADO:
Cola branca
jornal ou papel de seda
tesoura
verniz
caixa (de leite, maizena, sabão em pó, tintura de cabelo, remédio, etc..)

MONTAGEM:
1.Amasse bem uma folha de jornal ou papel de seda.
2.Depois de bem amassado, abra devagar a folha de jornal ou o papel de seda, procure não alisar a folha para manter o amassado.
3.Passe cola em pequenas áreas na peça e revista-a com a folha de jornal amassada ou o papel de seda.
4.Corte as bordas para dar um bom acabamento.
5.Utilize um prego ou a ponta de uma tesoura para fazer os furos da alça da embalagem. Fazer este procedimento nos dois lados da embalagem.
6.Passe por estes furos um pedaço de fita (pode utilizar no lugar da fita: barbante, sisal, corda, etc..)

18 - BAÚ

MATERIAL UTILIZADO:
. Caixas de diferentes tamanhos e formas;
. papelão;
. papelão ondulado;
. cola;
. pincel;
. tesoura;
. lápis;
. régua;
Para a decoração: Figuras diversas; fita, retalho de tecido, etc.

MONTAGEM:
1- Com a tesoura, recortar a tampa superior (frente e fundos) nº 1 e 2.
2- Nas tampas laterais, com um lápis ou caneta fazer o formato do baú e recortar nº 3 e 4.
3- Recortar, papelão ondulado para forrar a caixa por dentro e por fora(todos os lados).
4- Passar cola na caixa e colar o papelão ondulado.
5- Dar o acabamento com o enfeite desejado.


**********Marimaura**********

Projeto, reciclagem de lixo



PROJETO: RECICLAGEM DO LIXO
Ed. Física
Música, dança e brincadeiras com materiais reciclados)

Português:
- Interpretação oral, escrita e através de desenhos do livro Turma do Utilixo e do vídeo sobre reciclagem
- Livro: O menino e o muro (Sonia Junqueira) - poluição visual e higiene ambiental
- Música e poesias
- Confecção de cartazes para a Campanha da higiene na escola e de reciclagem)
- Estudo de palavras-chave
- Gramática e ortografia inserida nos textos
- Produção de frases

Matemática:
- Estudo das cores para a separação dos produtos recicláveis (azul-papel, verde-vidro, vermelho-plástico, amarelo-metais)
- Contagem da quantidade de tipos de materiais recicláveis (na verdade são CINCO, pois os alimentos jogados fora também podem ser transformados em adubo (LIXO ORGÂNICO)
- Classificação dos materiais recicláveis
- Estudo dos numerais através de gráfico elaborado com os resultados da classificação e contagem dos recicláveis trazidos pelas crianças
- Quanto e quais dias da semana acontece a coleta de lixo na rua em que o aluno reside e da escola

História e Geografia
- A coleta de lixo na nossa cidade
- Onde os lixos são despejados
- A campanha da reciclagem - como foi elaborada (Decreto Municipal), se realmente acontece na nossa cidade (ver o vídeo e Livro da turma do Utilixo, trabalhados)
- O que se ganha com a reciclagem
- De onde vieram as doenças, em especial a Dengue que vem se alastrando em São Paulo

Ciências
- O que é lixo na verdade?
- Os perigos dos lixos acumulados
- Campanha da higiene do meio escolar
- Alerta sobre a Dengue (causador, sintomas, tratamento e profilaxia)
- A função dos micróbios na transformação do lixo orgânico em adubo

Ética e cidadania
- Campanha educativa "Lugar de lixo é no lixo"
- Poluição visual
- Como a prefeitura e a população têm cuidado deste assunto

Meio ambiente
- Preservação da higiene na escola e no meio social em geral
-Resciclagem

Avaliação: Observação constante da participação do aluno no grupo e desempenho individual.


********Marimaura*******

Projeto Sucata e Reciclagem


Projeto Sucata e Reciclagem
Objetivo:


Conscientizar a equipe escolar, os alunos e a comunidade de que “cada um de nós, brasileiros, produz mais ou menos 500 gramas de lixo todos os dias. Parece pouco, mas é só fazer as contas. Todos os dias, esse lixo vira um bolão de milhões de toneladas!!! Só na cidade de São Paulo, uma das maiores do mundo, são produzidas 12 mil toneladas por dia.” (www.canalkids.com.br ) Temos que concordar que para resolver esse problema, no momento, a reciclagem é a solução mais viável.

Conteúdos que serão trabalhados no decorrer do projeto:

•Valorização e cuidados com o meio ambiente;
•Noções de higiene e limpeza;
•Organização e classificação de materiais diversos;
•Coleta seletiva;
• Reciclagem

•Reaproveitamento de materiais;
•Construção de objetos diversos;
•Leitura de embalagens e rótulos (alfabetização, ingredientes, data de validade, volume, peso, cor, tamanho, etc)

Obs: além destes os professores terão a liberdade de trabalhar com este tema de diversas formas.
Também estarão utilizando os materiais para realizarem atividades do Projeto Cultural que está sendo realizado neste 2º semestre.

Desenvolvimento:

1.Campanha para montagem da sucatoteca com envio de bilhetes

Senhores pais
Estamos necessitando com urgência de alguns materiais recicláveis para realizarmos trabalhos de Artes, Jogos e Sucata com as crianças da Educação Infantil. Colaborem com o que puderem. Estaremos recebendo estes materiais até o dia 22/08.
Aqui vai uma lista:
- Tampa plástica de chocolate em pó;
- Pote plástico de chocolate em pó;
- Tampas plásticas de todos os tamanhos e cores (amaciante, refrigerante, shampoo, maionese e outras);
- Garrafas pets de Coca-cola e outras de vários tamanhos e cores;
- Caixas de fósforos vazias;
- Latas de vários tamanhos com tampa;
- Caixas de pasta de dente;
- Rolinhos de papel higiênico;
- Copinhos e potinhos de danone e yogurte;
- Caixas de sapato;
- Caixas diversas de diferentes tamanhos.

3. Desenvolvimento de trabalhos com os alunos e professores

- Lavagem dos materiais
- Seleção, classificação e organização da sucatoteca
- Oficina de sucata com os professores (através de receitas e trocas idéias confeccionarão jogos diversos para os alunos em encontros pedagógicos)
- Confecção de objetos e jogos pelos alunos a critério do professor
- Coleta seletiva realizada na escola (lixo da escola e da comunidade) para a cooperativa
- Estudo de textos para apoio do projeto por parte dos professores e alunos (informativos, receitas de brinquedos, poesias, letra de músicas, HQ, etc.)

4. Trabalho com os pais na reunião sobre a duração dos materiais na natureza e o prejuízo que isto causa ao meio ambiente. Em cada sala terá um Kit com :garrafa plástica, caixa papelão, vidro, latinha. Eles deverão ter estas etiquetas abaixo

PAPEL - 3 A 6 MESES

LATAS - 80 A 100 ANOS

PLÁSTICO - 500 ANOS

VIDRO - 1 MILHÃO DE ANOS

5. Palestra da Unesp e da Cooperativa de reciclagem sobre o tema para os professores com o objetivo de esclarecer dúvidas e aproximar através de outros encontros a comuniadde de catadores com a Cooperativa, tirando-os da informalidade.

6. Exposição semanal das construções com sucata e/ou trabalhos realizados sobre o tema (pesquisa, produção textual, reportagem, música, dramatização, etc). Não é necessário que todas as turmas apresentem toda semana. Cada semana o trabalho de uma sala é exposto. Na creche os educadores constroem brinquedos para os bebês.

7. Exposição final junto com os outros projetos no encerramento do ano.

Público Alvo: Ensino Infantil e Fundamental

Duração do projeto: Será permanente.

Avaliação: Será feita no decorrer do projeto observando o interesse dos envolvidos nas atividades e eventos e a mudança de postura dos mesmos frente ao tema reciclagem e lixo.


***********Marimaura***********

Projeto de Adaptação escolar

PROJETO: Adaptação Escolar

Justificativa:
Os primeiros dias na escola geram expectativas, ansiedade, insegurança, angústias, medos e dúvidas em pais, crianças, professores e funcionários. Considerando esse momento muito importante é fundamental desenvolver um trabalho que facilite a transição do ambiente familiar ao escolar, pensando e planejando atividades que garantam uma inserção gradativa, envolvendo todos em um ambiente afetivo e acolhedor.

Objetivo:
§ Proporcionar um ambiente agradável e acolhedor, visando o bem-estar do educando;
§ Criar um ambiente acolhedor como um indivíduo se integrando á dinâmica do grupo.
§ Desenvolver atividades que permitam que as crianças e pais conheçam e interajam entre si, professores e funcionários.
§ Familiarizar a criança ao espaço escolar e sua rotina;
§ Oferecer aos pais sugestões, dicas e idéias que facilitem este momento de separação e conquista;
§ Propiciar um ambiente seguro para que a criança possa manifestar suas emoções e necessidades;
§ Estabelecer uma comunicação entre pais e membros da escola com a participação da criança.

Conteúdos Conceituais
§ Identificação das pessoas suas funções no ambiente escolar;
§ Conhecer o espaço físico e a rotina da escola;
§ Construção da própria imagem e da identidade;
§ Valorização positiva da própria identidade;
§ Elaboração oral e coletiva de regras de convivência.

Conteúdos procedimentais
§ Adaptação aos ritmos e às rotinas da vida da escola;
§ Reconhecer as pessoas e suas funções na escola;
§ Situar-se e orientar-se nos espaços físicos da escola;
§ Reconhecimento dos espaços que são de seu uso;
§ Manifestação das próprias necessidades, vivências, emoções e sentimentos;
§ Aceitação da separação;
§ Hábitos de autonomia com seus pertences.

Conteúdos Atitudinais
§ Enfrentar e superar as dificuldades do processo de adaptação;
Adaptação aos ritmos e às rotinas da vida escolar;
Participação na vida da escola;
Interesse pela relação afetiva com a educadora e com os companheiros;
Confiança e segurança progressiva nas suas próprias possibilidades;
Interesse para vencer as dificuldades da transição do ambiente familiar para o escolar;
Aceitar a separação da família como um processo natural e necessário.


Contemplação das áreas

Língua Portuguesa

Linguagem oral:
§ Conversas, relatos de vivências, narração;
§ Nomear a professora, funcionários e colegas;

Linguagem escrita:
§ Conhecer a escrita do nome através de crachá e lista de nomes;
§ Pseudoleitura das regras de convivência.

Matemática
§ Orientação Espacial;
§ Percurso de trajeto, localização;
§ Contagem oral;
§ Jogos matemáticos;
§ Leitura de calendário.

Natureza e Sociedade
§ Profissões (apresentação de funcionários e suas funções);
§ Observação dos diferentes ambientes do espaço escolar.

Visual
§ Pintura livre (interferência);
§ Modelagem
§ Recorte e colagem;
§ Fantoches, vídeos, slides.

Movimento
§ Roda cantada;
§ Ginástica;
§ Dança;
§ Jogos simbólicos
§ Esquema corporal.

Música
§ Diferentes tipos de sons e músicas diversas.



Não coloquei os créditos devitos por não ter encontrado nada como referência, se alguem encontrar o autor por favor deixe um recado que eu colocarei os devidos créditos!

http://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com/search/label/projeto%20Adapta%C3%A7%C3%A3o%20Escolar














**********Marimaura***********


Atividades trânsito













************Marimaura***********


A princesa do Pote

A Princesa do Pote
Linda!!!!




**********Marimaura**********

Alice no país das maravilhas

Alice no País das Maravilhas
Encontrei esta maravilha na net, imprimi, plastifiquei, e as crianças amam .











************Marimaura************

Historinha

Era uma vez
Era uma vez uma história... de uma rã...






























Excelente para trabalhar com as crianças de alfabetização

************marimaura***********