OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




quarta-feira, 27 de maio de 2009

A dor é inevitável, o sofrimento, opcional!!!


A dor é inevitável; o sofrimento, opcional!

Nossa dor não advém das coisas vividas,

Mas, das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Por que sofremos tanto por amor?

O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido

uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez

companhia por um tempo razoável, um tempo feliz!

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a
sofrer pelas nossas projeções irrealizadas.

Por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso

amor e não conhecemos... Por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos...
Por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado

e não compartilhamos. Por todos os beijos canceladosPela eternidade.... Como aliviar a dor do
que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, Mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não
damos, Nas forças que não usamos, Na prudência egoísta que nada arrisca, E que, esquivando-
se do sofrimento, Perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento, opcional.


Jornalista Vandi Guimarães


***********Marimaura***********

Nenhum comentário: