OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ser filha, ser mãe...


Sim tenho saudades, muitas.Da tua infância.De ser a protectora, a que te zelava o sono,te acordava com um beijo, a cumplice das brincadeiras,o dar e receber na mesma medida...Saudades do tempo que tudo era puro,genuíno, e mágico.
Sem interferências de terceiros...Saudades do tempo que me vias com o teu olhar e não com o olhar de outros que tudo amesquinham,deterioram aos poucos e contaminam.Saudades do tempo que eu tinha direitos e deveres.
Os direitos foram com o tempo desaparecendo,e os deveres continuaram e agora mais acrescidos.Recordo o meu tempo de filha...E dou conta que se calhar errei também,e hoje, que ainda tenho os meus pais,quero lhes passar esta mensagens de amor,e um sincero pedido de desculpas,pela forma como por vezes agi levianamente.
Sinto que assim será é comigo.Só no dia em que eu já não existir,ficarei sem deveres,
mas será tarde para me dares os direitos que hoje esqueces que me pertencem.Saudades muitas,de tudo o que fazia, porque era meu dever,mas sem o sentir como tal,
porque era com carinho e a dádiva única que só uma mãe tem.Recordo um dia em que minha mãe,com os olhos marejados de lágrimas,por algo que eu disse e a magoou,
ela apenas me disse isto:"Filha és... Mãe serás"E assim será para sempre...Dar e receber é amor.E mostrar esse amor é não esquecer,que os pais têm imensos deveres...mas também têm os seus direitos.Saudades...
Muitas, mesmo.

Escrito com o coração

*******Marimaura*******

Nenhum comentário: