OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Poema Paulo Coelho - Pensador


Poema Paulo Coelho -Pensador
"Josiah Royce (1855-1916),
num momento em que morre
alguém muito querido, escreve estas palavras:
'Nós morremos enquanto
Tu permaneces”.
“A eternidade é Tua”.
“E, na eternidade, seremos lembrados,
não como pontos insignificantes deste mundo real,
mas como folhas sadias que, em um certo momento,
floresceram nos ramos da
Árvore da Vida.
Estas folhas caem da árvore,
mas não caem no esquecimento, porque
Tu sempre
Te lembrarás delas'.
Paulo coelho"



Heróico combate
Cheiro fétido e nausea
No passadiço se faz sentir
A fera no negrume do seu
O caminho do bem
Já viste algo especial?
Uma gota de orvalho
Deslizando sobre a textura
De uma pétala de rosa
Já ouviste um adágio
A sinfonia
Uma sonata
O concerto
Já sentiste o suave perfume
Pairando no ar
Na florada
Enquanto abelhas
Borboletas e beija flores
Flertam com botões
Ávidos pelo desabrochar
Já notaste o resplandecer do sol
Refletido no espelho
d’água daquela nascente
Apiedas-te do próximo nos momentos difíceis?
Chorou com as dores?
Riu com a alegria dos semelhantes?
Sofreu ao notar a violência
inexplicável dos homens?
Obsequiosamente algo muito especial
Já aconteceu contigo
Mesmo que tenhas esquecido da oblação
Não esqueceram de ti
Certamente tu vai estar
Entre aqueles que um dia
Irão ver algo realmente
Muito especial
Sem igual
Incomparável
Eterno...
@marimaura@




Encarcerada

Encarcerada, arrota tenebrosos gazes
Armadilha mortal
Na qual toda guarnição se vê mergulhada
Guerreiros do fogo!
Este será vosso combate derradeiro
O monstro já decidiu
Nas profundezas seu mausoléu erigir
Arquitetando seu maldito plano
Grande impacto provoca
E a nau soçobra
Inapelavelmente sendo sorvida
Pelas profundas águas do atlântico
Ao poderoso oceano se rende
A portentosa estrutura
Levando consigo toda insigne guarnição
Desnaturada criatura
No seu leviano instinto
Nada lhe sobrou
Se pensaste em macular os combatentes
Para seu desespero lhe informo
À muito já estão
No caminho da luz...
@marimaura@
***************************




Laços
Boa noite companheira
Desta madrugada
Sem luar
Sem estrelas
Mas com a eterna beleza
Dos teus versos
Teus sonetos
Que aquecem a alma
Iluminam a noite
Como farol companheiro
Alertando sobre o perigo
E avisando que o amor
Apesar de escondido
Teimosamente insiste
Em existir
@marimaura@
***************************


Você

Gostaria de estar contigo
Mas você não me quer
Estaria se quisesse
Ficaria se deixa-se
De longe
Sua silhueta
Aqueceu meu coração
Fui embora
Levando comigo
O brilho do seu olhar
E os ferimentos causados
Pela sua indiferença
Porém
Entorpecido pelo seu perfume
Ele vai ficar comigo
Na minha lembrança
Na minha memória
Nos dias seguintes
E em tantos outros também
Gostaria de ficar contigo
Mas você não aceita
De perto
Sua imagem
Ruborizou minha face
Vou embora Levando comigo
O seu sarcástico sorriso
E as seqüelas causadas
Pelo seu desinteresse
Porém Paralisado pelo seu aroma
Ele vai estar comigo
Nas minhas recordações
No dia imediato
E também no subsequente
E em tantos outros também
Gostaria de permanecer contigo
Mas seu consentimento
Não vem.

@marimaura@
***************************



Desencontro

Um caso
Um acaso Simples acontecimento
Dia a dia
Momento a momento
Morno Lento
Passo a passo
Os minutos andam
A hora caminha
O dia se arrasta
E você que não vem
E você que não chega
A manhã passou
A tarde se foi
A noite chegou
As luzes da cidade
Pelos postes
Pelas luminárias
Já refletem no asfalto
A chuva que cai
E você o que fez?
E você aonde foi?
Passou e não me viu
Ou passou
E fez que não me viu
As pessoas passam
O sinal abriu
Segui em frente
O carro freiou
Tarde demais
Perdi você
Mas será que importa?
E você foi embora
O que será?
Será o fim?
Não Só o começo.

@marimaura@
***************************




Eu e você

Quando nos amamos
É assim
Desse jeito
Com ar de eterno
Com tom fraterno
Com tempero selvagem
Jeito infantil
Toque de libertinagem
Basta um olhar
Flerte no ar
Corpos a rolar
Lábios colados
Sem hora para ter fim
Nos misturamos
No calor
No suor que cai
Como gotas de orvalho
Sem senso
Nem consenso
Completamente desnorteados
Não sabendo
O que é inicio ou fim.

@marimaura@
***************************


O poeta

O poeta não tem escolha
A vibração do universo
Chega inapelavelmente
Ao fundo da alma
Despido de conhecimento
Porém investido de sentimento
Tenta organizar em versos
O infinito, o eterno
O objeto do desejo
Aquele amor
Que de tão intenso
Consome tudo em volta
Saturando-se de energia
Até chegar ao colapso
Expelindo um mar de letras
Ao poeta não é dado o direito
De Ter certeza, sem a certeza de ser
Ser o amor
Ser a dor
Ser a esperança
Ser o alimento
E ser a inspiração
De um universo de corações
O poeta traz o alento
Canalizando a vibração
Que está presente em tudo
Do grão de areia a estrela solar
Dos nematóides a galáxia mais distante
Cansado então se deita
Agradecido sonhando em versos
Pôr
Ter tido o direito
De compreender
Uma pequenina parcela
Do que é a eternidade...

@marimaura@
***************************


Nivelamento

Jamais roubaria um beijo seu
Sem a autorização dos seus lábios
Porém a grandiosidade da minha concupiscência
Suplanta em muito meu acanhamento
Somente sua voz em forma de acalanto
Amaina minha natureza rudimentar
Atingindo o âmago do meu caráter
Subjugando meu primordial instinto
Elevando-me ao esplendor
do seu olhar...

@marimaura@



Náufrago

No azul profundo dos teus olhos
Apaixonadamente me perdi
Quando delicadamente um beijo surgiu
Aquela lágrima que rolou
Pelo seu lindo rosto
Tocou silenciosamente a mina face
Afogando-me no seu amor
Como náufrago atormentado
Nos teus braços tenho proteção
Procurando morada segura
No teu corpo me encontrei
Então abrigado no desejo
No conforto da sua pele
Comecei a te possuir...

@marimaura@
***************************




Como seria

Se você me notasse
Os meus lábios beijasse
Deixando comigo
Sua energia a sua magia
Todo seu encanto
Como seria
Dividir contigo
Todos os dias
Todas as horas
E também os minutos
Mergulhados no amor
Impregnados de desejo
Obliterando a saudade
Como seria
Possuir-te com ardor
Provar seu suor
Entorpecer-me
Com nosso cheiro
Como ferro trabalhado
Na escaldante fornalha
No intuito
De coadunar
Nossa existência
Como seria...

@marimaura@
***************************


Marcas do passado

Tento remover teu nome
E as marcas que sobraram
Nas minhas lembranças
Ícone de momentos
De ternura e carinho
Restos esmaecidos de um amor
Que não tem mais sentido
Inutilizado agora
Com a quebra da correspondência
Fonte primordial do alimento
De todas relações
Resíduos inconvenientes
De remoção dolorida
Do momento da sua partida
No silêncio que atormenta
Na certeza da tua ausência
Nos escombros que sobraram
No meu interior
Bebo agora o vinho amargo do ressentimento
Embriagando-me neste fel
Anestesiando-me neste momento
Para extirpar do meu espírito
O que tanto bem um dia fez
A minha alma inquieta
Sem sossego, sem alento...
Só uma certeza me mantém
Não deixarei vestígios
Da tua passagem
No meu coração...

@marimaura@
***************************




Lábios

Lábios que beijam,
lábios molhados
Lábios da cor da paixão
Lábios gostosos com sabor da ilusão
Lábios que percorrem intimamente meu corpo
Lábios rubros de excitação
Lábios quentes que queimam meu peito
Lábios suaves que me falam de amor
Lábios lindos como uma flor
Lábios ardentes como o pecado
Lábios que me conduzem para o amor
Lábios doces como o néctar dos deuses
Lábios românticos como o luar
Lábios que me trazem a certeza
De que para sempre irei te amar...

@marimaura@
***************************




Flores
Belas como a vida
Suaves como a ilusão
Seu perfume traz
A imagem da saudade
Ou o doce sabor da paixão
Delicadas, deliciosamente coloridas
Ornamentando jardins
Ilustrando gravuras
De todas as texturas
Passando de mão em mão
Representando a paz
Mesmo sem ser capaz
De enternecer duros corações
Odores inebriantes escapam
De suas tenras pétalas
Acalentando sonhos
Recordando momentos
Que guardamos na lembrança
Fazendo-nos viajar no tempo
Quando momentaneamente encontramos
Pairando no ar a tua essência
Retirada com perícia
Para aguçar a malícia
Que nos transporta à delicias
De momentos de amor
Como seriamos sem seu encanto
Sem sua delicada presença
Marcando tantas vidas
Tantos destinos
Apesar dos espinhos
Que em muitas encontramos
Como se estivessem lá para lembrar
Que a paixão é linda
Suave e bela
Mas pode na maioria das vezes
Machucar...
@marimaura@
***************************




Encontro

Quando te encontrei
O desejo me arrebatou
Como turbilhão enfurecido
Nossos corpos encadeados
Encheram de amor
As paredes da nossa alcova
Suplantando todos presságios
Dirimindo nosso suplício
Corroborando nosso amor
Extenuando nosso corpo
Suprindo nossa alma
Transformando a paixão
Em eloqüente poesia...

@marimaura@
***************************





Absolutamente seu

Minha amada
Razão absoluta
Da minha existência
Luz a me guiar
Nos meus caminhos
Deita tua cabeça
Nos meus ombros
Minha companheira
Sua presença
Mantém viva
A esperança a certeza
De um lindo alvorecer
Que o amanha será lindo
E quando acordarmos
Terei o privilégio
De ser o primeiro
A beijar seu rosto
Banhando-me na luz
do seu olhar...

@marimaura@
***************************




Sem rumo

Inusitado este amor
Transportando-me ilusoriamente
Ao espectro que mantiveste
No meu caminho
Em todos os caminhos
Que estive contigo
Só aquele atalho
Levou-me ao seu coração
Trilha esta que perdi
Após mergulhar na insensatez
Pormenorizada no meu comportamento
Leviano e sem sentido
Que não soube valorizar seu carinho
Sou punido agora
Com sua presença fantasiosa
Mostrando-me sempre um falso sentido
Desviando meu rumo
Levando-me ao vestíbulo
da solidão...

@marimaura@
***************************




Nada mais

Encontro de paixão
Tempo de sedução
Corpos se aproximando
Calor se manifestando
Pele na pele
Lábios unidos
Mãos trêmulas acariciando-se
Sangue fervendo
Coração a mil
O que acontece em volta?
Não interessa!
O mundo não existe!
Só eu e você
Eu te possuindo
Tu me possuindo
Alguém observa?
Não sei!
Não interessa!
Não existe ninguém!
Mais ninguém nesse mundo
Só eu e você
Eu dentro de você
Você dentro de mim
Viajamos no amor
Navegamos na paixão
Sem rumo
Sem sentido
Desfazendo-nos num orgasmo
Como uma grande explosão
Liberando toda energia
Contida na alma
No nosso coração...

@marimaura@
***************************




Posse

Entrega total
Corpos que se unem
Encaixe perfeito
Do que foi feito
Para estar unido
E nunca separado
Calor excitante
Respiração ofegante
Lábios percorrendo
Pôr todo momento
Corpo em tormento
De quem sem nenhum discernimento
Atingiu o limite
Pele colada
Paixão desenfreada
Impondo ritmo alucinante
Na cópula ousada
Sem limite sem pudor
Ruídos de luta
Gemidos de prazer e de dor
Posse completa
De ambas as partes
Cada um tentando
Em um momento insano
Tornar-se um só.

@marimaura@
***************************





Inconstante

Por que a plenitude do amor
Não acontece entre nós
O que falta para o final feliz
A alternância da sua personalidade
Desestrutura qualquer paixão
Nada sobrevive assim, desse jeito
O meu amor é intenso
Mas já está coberto de profundas
De marcantes cicatrizes
Quantas vezes já suportei suas loucuras
Seus devaneios, seus jogos
Seu multifacetamento é destrutivo
Corroendo intensamente, profundamente
Aproximando a dolorosa possibilidade
Do fim do nosso amor
Ou será que para você ele nunca existiu
Perdi meu tempo, meus sentimentos
Enquanto você brincava de boa e má.

@marimaura@
***************************




Homogêneo

União de fases
União de palavras
União de sentimentos
União de amor
Complexo e difícil como as paixões
Fácil de explicar, difícil de demonstrar
Caímos em divagações
Quando tentamos
Perante olhares aturdidos
Ilustrar coisas tão simples
Que trazemos de longa jornada
Tatuadas na alma
Que nos fazem ciclar
Na mesma freqüência
Estacionar
Sempre no mesmo patamar
Estagnação?
Claro que não!
Viagem conjunta
Cumplicidade
Sempre astuta
Não deixando
Nem por um momento
Esmorecer o sentimento
Que provocou tal união
Estamos assim
Nesse momento afim
Tal como um só!
Eternamente juntos!

@marimaura@
**************************




Perdição
Perdido inteiramente perdido nesses
seus olhos negros perlustro seu corpo
com cuidado com zelo.
Beijo estes seus lábios cárneos
sinto no meu peito o impacto
do acontio da paixão.
Não sei o que fazer, fugir!
Correr sem ter para onde ir!
Ou te permitir encilhar meu coração.
Transformar-me em seu escravo perder a razão.
Encosto sua alva pele
a minha sinto seu calor
Seus olhos!
Seus olhos!
Me enfeitiçam!
Me fascinam!
Quero correr para
longe e para perto de ti.
Contigo eu morro!
Sem você vou morrer!
O que me resta fazer
Te servir te amar,
pagar para ver deitar-te,
te penetrar me acabar
nos seus braços e depois,
cansado totalmente exaurido
teu escabelo volto a ser...


@marimaura@
******************************




Poemas de Paulo Coelho - Pensador

Nenhum comentário: