OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




domingo, 10 de maio de 2009

Cada dia novos depoimentos de cair o queixo , vejam...


Pelo sotaque o cara deve ser do Paraná.
Eu assino embaixo do que ele falou.
Quando se viaja a trabalho e se quer levar a mulher junto, se paga a passagem do próprio bolso.
O deputado quando decide se candidatar e ganha a eleição ela vai para Brasília (3 dias por semana) a trabalho, deve ter 1 passagem de ida e volta para sua base por semana, somente isto. Se vai para outro lugar a trabalho a câmara ou o senado é quem deve emitir a passagem, nada dele ter cota, ele justifica o motivo da viagem e a mesa diretora diz se realmente é a trabalho ou não e se for, paga a passagem, com um controle rígido e disponibilizado na internet...
Agora, pagar passagem para a famíla toda viajar ao exterior é imoral, não dá para aceitar.
Quando o Cristóvam Buarque falou em fechar o Congresso, foi uma gritaria, chamaram-no de golpista e ele voltou atrás. Mas será que isto não seria melhor? Começar do zero?
Fazer uma constituição séria e enxuta, feita por juristas e aprovada por representantes de toda a sociedade (não políticos), que se dissolveria após a promulgação desta. Tornando o voto facultativo, tirando dos analfabetos o direito de votar e de se candidatar ((Aí vamos falar dos analfabetos funcionais), exigir a fidelidade partidária, financiamento público para campanhas e acabar com os programinhas políticos tipo “FAZ-ME RIR”, onde se mostra uma grande Ilha da Fantasia, exigir de um candidato que ele tenha pelo menos um curso de administração pública (mesmo que seja técnico, criado pela Justiça Eleitoral), para que saiba realmente o que vai fazer depois de eleito, se o candidato tiver com algum processo na justiça que ele primeiro seja inocentado para depois candidatar-se (a mulher de César não basta ser honesta).
Sonhar não custa nada, por enquanto...
Um grande abraço, Hélio.


VEjam , recebi e concordo plenamente com ele

************Marimaura*************

Um comentário:

J. Araújo disse...

Também concordo com o depoimento acima; nossos políticos, salvo raras excessões se é que tem, é uma vergonha. É um escândalo atrás do outro, por que os malditos não é ttratados como um trabalhador comum? É muita mordomia pra pouco trabalho; já estamos ficando cansados; mas teve um, o deputado federal Sergio Moraes, falou a verdade poucos dias atrás; "estou pouco me lixando para a opinião pública!Até porque a opinião pública não acreditam no que vocês escrevem. Vocês batem, batem e nós nos reelegemos mesmo assim", e não é que ele tem razão. é só olhar o que aconteceu nas ultimas eleições. Tem de tudo, assassino ou mandante, peculato, pedófilo, etc, etc. Por que estão lá? O povo colocou.

Vou parar por aqui. O assunto é asqueroso.

Bjsss