OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




segunda-feira, 13 de julho de 2009

O amor é uma flor delicada


O amor é uma flor delicada .

Não existem conquistas definitivas, salvo para aqueles que nos deixam no auge do apego.

Aí sim, as pessoas ficam irreversivelmente gravadas dentro do nosso coração e nós no delas.

Se não podemos explicar os porquês das chamadas de um coração, podemos, portanto,
compreender a importância do exercício diário, na manutenção dos sentimentos do outro.
Ninguém pertence a ninguém, as pessoas doam-se e acolhem-se.

O amor é uma flor muito delicada, mesmo se vestida de grandiosas e maravilhosas formas.

O amor é uma flor singela, frágil e bela e é preciso recebê-lo com mãos ternas, como se sua vida
dependesse de nossa acolhida.

Frequentemente somos meio desajeitados quando se trata de amor.

Descuidamos dos pequenos gestos que o nutrem, deixamos que a terra seque-se, substituímos
atenções emocionais por outras que, mesmo importantes, não são suficientes ao mantimento
para a durabilidade do amor.

O amor nutre-se de carinhos e carícias. Sacia-se no abraço, cresce no beijo.

Fortalece-se nos momentos a dois.

Achamos tempo para tanta coisa e nos dedicamos pouco a estar com o outro.

Pessoas às vezes que se amam muito afastam-se por falta de cuidado de ambas as partes.

Os quereres confundem-se.

Homens e mulheres são diferentes, isso é certo!

Mas deve haver esse meio caminho onde as mãos acabam se encontrando, onde os dedos se
entrelaçam e os desejos fundem-se numa mesma coisa.

Ninguém conhece a verdadeira dor de perder antes de ter perdido de verdade.
É depois, bem depois, que olhamos para trás e nos dizemos que teríamos vivido bem mais
intensamente se tivéssemos carregado essa delicada flor bem mais pertinho do nosso coração.
******************marimaura*****************

Nenhum comentário: