OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




quinta-feira, 16 de outubro de 2008

A cidade de Patos de Minas surgiu na segunda década do século XIX


O surgimento da cidade
A cidade de Patos de Minas surgiu na segunda década do século XIX em torno da Lagoa dos Patos, onde segundo as descrições históricas existia uma enorme quantidade de patos silvestres. Os primeiros habitantes foram lavradores e criadores de gado, sendo muito visitados por tropeiros. O povoado, à beira do rio Paranaíba, cresceu, virou arraial e depois vila, a devota vila de Santo Antônio dos Patos.
Em 24 de maio de 1892, o presidente do estado de Minas Gerais eleva a vila à categoria de cidade de Patos de Minas. Em 1943, o governo do estado mudou o nome para Guaratinga, provocando insatisfação na população. Atendendo aos apelos populares em 3 de junho de 1945, muda novamente para Patos de Minas para distingui-lo de Patos da Paraíba, município mais antigo. Seu aniversário é comemorado em 24 de maio, ocasião em que se realiza a "Festa Nacional do Milho".
No início da década de 30, com a ajuda do governador Olegário Maciel, foram construídos simultaneamente a Escola Normal, Escola Estadual Marcolino de Barros, Fórum e o Hospital Regional. Que deram uma dimensão nas áreas de educação, justiça e medico-hospitalar.
No pós-guerra e sobretudo na década de 50, Patos registrou um notável crescimento, que fez o número de habitantes saltar de 64 mil, em 1950 para 97 mil em 1960. Um crescimento que deveria aumentar com a mudança da Capital Nacional para Brasília em abril de 60. Ao invés de uma década de triunfo, uma década de frustração. Principalmente pela emancipação política de dois importantes distritos em 1963: Lagoa Formosa e Guimarânia. Muitos patenses mudaram-se para Brasília. Que reduziu drasticamente a população, cerca de 20 mil habitantes, e o animo do povo.
Na década de 70, raiou a esperança de crescer e o município não perdeu a chance. A construção da BR-050 em 1972, da BR-365 em 1974 e a descoberta de uma gigantesca jazida de Fosfato na Rocinha abriu as portas para o desenvolvimento.
Os gaúchos implantaram suas fábricas de sementes em Patos, Agroceres em 1974, com a atividade reforçada pelo milho híbrido em 1975.
Patos de Minas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.
Está situada na região intermediária às regiões do Mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Considerada pólo econômico regional, lidera a microrregião do Alto Paranaíba que é composta por dez municípios. A cidade ganhou projeção nacional através da Festa Nacional do Milho realizada no mês de maio, movimentando vários setores da economia
As suas principais atividades econômicas são a agropecuária e a agricultura.
Patos de Minas ocupa uma posição privilegiada no ranking das cidades mineiras, figurando entre as 20 maiores cidades do Estado de Minas Gerais em arrecadação geral de tributos do estado e a 16ª maior cidade de Minas Gerais em população.
Um levantamento feito pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) e publicado pela revista Veja em 2001 apontou Patos como o quinto município com maior desenvolvimento socioeconômico, entre 1970 e 1996. Foram pesquisados cinco mil municípios brasileiros, de 50 a 500 mil habitantes. Patos é a décima segunda cidade com maior população do estado de Minas Gerais.
Vários fatores contribuem para o sucesso econômico e social do município, entre eles a localização estratégica, que liga a cidade a grandes centros comerciais como São Paulo, Uberlândia e Belo Horizonte, facilitando o intercâmbio comercial, o desenvolvimento ordenado e a qualidade de vida da população
Agropecuária
A agropecuária é a principal atividade econômica da cidade de Patos de Minas.
A agricultura é bastante diversificada com produção de grãos e hortifrutigranjeiros. Os produtos que se destacam são o milho, arroz, soja, feijão, café, maracujá, tomate e horticultura.
O município e região possuem modernos sistemas de irrigação de lavouras. Patos de Minas é considerada modelo nesse sistema, com destaque até mesmo pelo página da Universidade da Califórnia, EUA.
A bovinocultura possui significativa importância econômica e social para o município, com um rebanho de 180 mil cabeças (levantamento Pref. Municipal - ano 2000). Patos também é considerada pólo nacional de genética suína, detendo 70% da tecnologia nacional em melhoramentos suínos.
O negócio no campo ganhou tanto status por aqui que mereceu recentemente reportagem de capa na Revista Exame (14 de Novembro de 2001) intitulada "Virada no Campo".
Com 442 indústrias e 2.108 estabelecimentos comerciais, o município participa com 0,38% da arrecadação do ICMS no Estado de Minas Gerais. Somando-se a outras receitas, ocupa o 19º lugar na arrecadação geral do Estado. Patos de Minas é tida como referência na prestação de serviços para diversos municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

3 comentários:

Erasto disse...

É Patos ou Paris ? Êta lugá bão prá morá...

Aqui não pica-pau...aqui o pau cai a foia...

Patense patureba enverga mas não quebra...

Patos de Minas capital nacional do milho...

Terra poenta avermelhada orgulho de Minas...

Eliane disse...

Cidade linda do meu coraçõo!
Sinto saudades de qdo morava ai! E todos os amigos fiz!Minha terra natal!
Cidade lindaaa!!

Mary Maura disse...

Querida Eliane,
obrigada pela visita, pelo carinho,
tentei acessar teu blog para acompanha-la , saber quem é minha conterrânea, ma não consegui,
favor entre em contato , aguardando vc,
abraço carinhoso
Bjusss