OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




sábado, 5 de dezembro de 2009

A EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA


Em épocas em que se esperava dias por uma carta, hoje um email chega rápido, um recado no orkut é instantâneo e um torpedo nos alcança em qualquer lugar.
Ainda que diferentes, ainda que intermediados por meios eletrônicos, o impacto ou benefício destas mensagens é equivalente.
Como é bom receber um email de um amigo ou amiga que não tínhamos notícia há tempos, como é bom começar o dia com um recadinho e como é bom saber que somos lembrados por amigos.
Nada substitui o real, mas o que parece virtual reflete no real, ainda que não estejamos lá para apreciar o sorriso e a alegria de quem está do outro lado. Estamos também no ambiente virtual quando falamos ao telefone e tampouco deixamos de expressar nossos verdadeiros sentimentos por aquele (a) que está do outro lado da linha.
Se, é verdadeiro que nossos sentimentos independem dos aspectos físicos para se estabelecer, assim, acredito que a tecnologia nos oferece a oportunidade de, através de convites, trazer nossos amigos, que até então eram “virtuais”, para viver um encontro real.
Isso ratifica a utilidade de muitos outros aplicativos de comunicação que podem até nos causar antipatia, descrença ou repulsa.
A realização e a eficácia de um verdadeiro sentimento iniciado no mundo cibernético poderão criar raízes no mundo real e produzir frutos.
Verdadeiros sentimentos surgem da verdadeira transparência e lealdade entre as pessoas envolvidas seja no ambiente real ou virtual.
O problema não é encontrar alguém distante, ao contrário, grandes amores não escolhem nem hora, nem local adequado.
O problema que gera uma psicopatologia de um mundo virtual é a substituição da vida por uma vida ilegítima com um homem que a pessoa jamais viu, sentiu o cheiro, beijou, tocou, abraçou?
Em nosso quotidiano encontrar alguém com que ocorra a química é algo difícil.
Uma relação afetiva virtual queima a etapa do conhecimento básico, uma das principais, a questão de pele.
O estabelecimento de relações virtuais é complicado por que neste campo desconhecemos literalmente o outro, assim vivenciamos a distancia uma relação que é ilegítima.
Pela internet você torna se o que você quer ser.
Defeitos são camuflados e ignorados, as fantasias tornam se acentuadas, o convívio inexistente e a carência dos usuários imensa chegando as anormalidades do convencional.
Na maior parte dos casos o que ocorre é uma indisponibilidade para um relacionamento genuíno.
Pessoas com muita dificuldade para se relacionar abdicam da vida para viver na fantasia, na fuga, o que na prática tem dificuldade.

******************marimaura******************

Nenhum comentário: