OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




domingo, 20 de setembro de 2009

Um velho índio descreveu certa vez em seus conflitos internos


Um velho índio descreveu certa vez em seus conflitos internos: "Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro e muito bom e dócil. Os dois estão sempre brigando..." Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia a briga, o sábio índio parou, refletir e respondeu: "Aquele que eu alimentar".



"Se, pois, todo o teu corpo estiver iluminado, sem ter parte alguma em trevas, será inteiramente luminoso, como quando a candeia te alumia com o seu resplendor. (Lucas 11:36)"



NEM FRIO E NEM ESCURIDÃO

Uma jovem mulher, orgulhosa e altiva, estava enfrentando a morte. Ela gastou toda a sua vida com prazeres, diversões e pecado, sem se importar um instante sequer com Jesus. Imersa em profundas trevas, chamou por seu pai e lhe perguntou: "Papai, você não vai comigo? Está tudo tão escuro e frio." O pai lhe respondeu: "Filha, eu não posso ir com você." Novamente ela falou: "É escuro e frio." E foram suas últimas palavras. Sim, será escuro e frio se nós chegarmos ao fim de nossas vidas sem Cristo. O mundo nos oferece os baralhos, as festas, as bebidas, os cigarros e muitas coisas que parecem tornar-nos alegres, mas quando deixarmos esta vida a única coisa que precisaremos é de Cristo. Será muito escuro se não o tivermos conosco.

Gastamos todo nosso viver em busca de satisfação e prazer neste mundo. "Eu quero é me divertir," dizemos, "e o resto não tem qualquer importância!" E se ouvimos alguém falar de Deus e da eternidade, logo argumentamos: "Quando estiver perto da morte eu pensarei nisso." E se não tivermos tempo de pensar?

Talvez você esteja meditando: "Será que eu tenho que viver com medo de morrer?" Claro que não! Só pensa na morte aquele que não pensa na vida!

O grande segredo para não temer a morte é viver a vida abundante que Deus nos concede em Cristo. Quando a entregamos ao Senhor Jesus, Ele a ilumina e aquece com Seu Espírito e, tanto em nossa caminhada neste mundo como na eternidade, jamais haverá frio ou escuridão!




Salmo 113

1 Quando Israel saiu do Egito, e a casa de Jacó dentre um povo de língua estranha,

2 Judá tornou-lhe o santuário, e Israel o seu domínio.

3 O mar viu isto, e fugiu; o Jordão tornou atrás.

4 Os montes saltaram como carneiros, e os outeiros como cordeiros do rebanho.

5 Que tens tu, ó mar, para fugires? e tu, ó Jordão, para tornares atrás?

6 E vós, montes, que saltais como carneiros, e vós outeiros, como cordeiros do rebanho?

7 Treme, ó terra, na presença do Senhor, na presença do Deus de Jacó,

8 o qual converteu a rocha em lago de águas, a pederneira em manancial.


Fonte:Minutos de Sabedoria
**************marimaura**************

Nenhum comentário: