OLÁ....SEJAM BEM VINDOS!!!!!...

Queridos professores, alunos, amigos, visitantes e parceiros profissionais..

Este Blog é composto de vários tipos de textos, dentre eles: Textos Pessoais, científicos, religiosos e textos históricos.

MATÉRIAS COMENTADAS: Psicopedagogia, filosofia, teologia, sociologia, educação, cultura, lazer, diversão, pensamentos, reflexões, dicas de beleza, receitas.......e meus monólogos.......

UMA VISÃO CRÍTICA DA REALIDADE...

Este Blog espera ser um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores e que acompanham o desenvolvimento da educação no Brasil. Aqui discutiremos, constantemente como os povos e sociedades ao longo de toda a história da humanidade, lutam em busca de melhorias na educação, enfim, ambiente de conversas sobre usos dos novos meios de informação e comunicação em educação.
Espero ansiosa suas colaborações e acima de tudo sua criticidade objetiva.
Ressaltando que, alguns textos e imagens aqui postados não são de minha autoria, se são seus, ou se você conhece autoria, entre em contato que ficarei feliz em dar os devidos créditos.
A leitura e a reescrita das temáticas sugeridas neste blog, serão para todos nós instrumentos de avaliação, onde educador e educando se relacionarão, e aperfeiçoarão seus conhecimentos e experiências cognitivas.

Entre e fique a vontade.
Boa navegação e pesquisa.

Psicopedagoga : Maria Maura

Contato:
marimaura@hotmail.com
marimaura@gmail.com




sexta-feira, 30 de julho de 2010

♥ As Três Peneiras



Olavo havia sido transferido de projeto dentro da empresa. Logo no primeiro dia, para fazer onda com o novo chefe, saiu-se com essa:

- Chefe, o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram-me que ele...

E o chefe interrompeu:

- Espere um pouco Olavo. O que você vai me contar já passou pelo teste, pelo exame das três peneiras?

- Peneiras, senhor? Que peneiras chefe?

- A primeira, Olavo, é a da verdade. Você tem certeza de que esse fato que você vai me contar é absolutamente verdadeiro, meu amigo?

- Não tenho não senhor. Como é que eu posso saber? O que eu sei foi o que me contaram, mas eu acho que...

E novamente o chefe interrompeu Olavo:

- Então essa sua história já vazou a primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira, a da bondade. O que você vai me contar, gostaria que os outros também dissessem ao seu respeito?

- Claro que não! Deus me livre, chefe. Que isso...

Então, continuando o chefe:

- A sua história já vazou a segunda peneira, meu amigo. Vamos verificar a terceira, que é a da necessidade. Você acha mesmo necessário me contar esse fato, ou mesmo passá-lo adiante?

- Não chefe. Passando pelo crivo destas peneiras, vi que não sobrou nada do que eu iria contar-lhe.- Falou Olavo, com grande surpresa.

- Pois é Olavo, já pensou como as pessoas seriam mais felizes, se todos usassem essas peneiras? - Disse-lhe o chefe sorrindo. E ainda continuou - Da próxima vez que surgir um boato por aí, submeta-o ao teste, ao exame dessas peneiras, meu amigo. Verdade, bondade e necessidade. Tudo isso antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante, e sabe por que meu amigo? Por que pessoas inteligentes falam sobre idéias. Pessoas comuns falam sobre coisas. E as medíocres falam sobre pessoas.

Palavras Escritas por: Autor Desconhecido


******************marimaura****************

Nenhum comentário: